bot ouca radio2

banner dengue

Prefeito abre festividades da Semana da Pátria em Itabuna

Prefeito_abre_festividades_da_Semana_da_Pátria_em_Itabuna_Foto_Waldir_Gomes_2.jpg

O prefeito Fernando Gomes manifestou, na abertura da Semana da Pátria, nesta segunda-feira (04), em solenidade no Centro Administrativo Firmino Alves, sua preocupação com a crise econômica e o desemprego que afetaram duramente as finanças do municípios do país. O evento foi iniciado com o hasteamento das bandeiras do Brasil, da Bahia e de Itabuna na sede do governo e (simultaneamente em todas as 98 escolas da rede municipal de ensino), com as presenças do vice-prefeito Fernando Vita, de secretários municipais, servidores públicos, educadores e um pelotão da Guarda Civil Municipal.

No seu discurso, o prefeito falou que em paralelo à mobilização cívica da Semana da Pátria fica a expectativa de melhoria para as condições de vida da população e a esperança dias melhores para todos. Ele também questionou o modelo tributário do país, que concentra recursos na mão da União e dos Estados fragilizando os municípios, que estão cada vez mais penalizados: “mas temos de ter fé e coragem para lutar, porque só com a luta venceremos”, complementou.

A programação da semana e do desfile tem, segundo a secretária de Educação, Anorina Smith Lima, o tema "Brava Gente Brasileira" e como subtema “Itabuna unida pelo direito de aprender”. Ela lembra que é uma semana muito importante, pois traz à memória do brasileiro os valores do civismo e relembra símbolos e datas nacionais, o que será objeto de ações pedagógicas nas escolas municipais, com foco no tema, no subtema e numa prioridade de governo que é a qualidade da educação.

Outra preocupação da secretária é com a organização e realização do desfile cívico, que deve atrair a atenção de milhares itabunenses e será dividido em cinco blocos. O desfile será aberto pelas unidades militares com sede em Itabuna – Tiro de Guerra, 15º BPM, Pelotão de Cavalaria, Policias Rodviárias Federal e Estadual, além da Rondesp -, seguidas de instituições da sociedade civil organizada, de unidades escolares da rede municipal de ensino com pelotões de  alunos uniformizados e de estudantes caracterizados, além das escolas particulares e estaduais.