bot ouca radio2

banner dengue

Vacina contra raiva canina continua no Centro de Zoonoses de Itabuna

Embora muitos proprietários de cães e gatos tenham comparecido nas unidades de saúde para a imunização de seus animais, no ultimo sábado (4), a vacinação contra a raiva canina não atingiu a meta esperada pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Secretaria Municipal de Saúde, que era de imunizar pelo menos 35 mil animais em Itabuna.

Vacina_canina_2018_resultado_Foto_Pedro_Augusto_4.jpg

Vacina_canina_2018_resultado_Foto_Pedro_Augusto_3.jpg

Vacina_canina_2018_resultado_Foto_Pedro_Augusto_2.jpg

Vacina_canina_2018_resultado_Foto_Pedro_Augusto_1.jpg


O município mobilizou cerca de 400 profissionais para atender as exigências do Ministério da Saúde no controle da raiva para a vacinação em cães e gatos, conforme informou o veterinário do CCZ, Samir Hage. Ele reforça a importância da imunização contra uma doença que não tem cura, destacando que a vacina evita a doença e protege os animais de estimação.


Quem não aproveitou o Dia D da Vacina Antirrábica ainda tem a oportunidade de levar seus cães e gatos ao CCZ, localizado na Rua São Jose, bairro do Antique, de segunda a sexta-feira, das 8 da manhã às 17 horas. O veterinário informa que mesmo os animais imunizados no ano passado precisam receber a dose este ano.


“A raiva canina é uma doença transmitida pela de saliva, pelo contato sanguíneo ou mordida do animal e compromete o sistema nervoso do homem. Além disso, é incurável com índice de 100% de mortalidade”, alerta Samir, destacando ainda que cães e gatos são os principais transmissores. “A vacina é a única maneira de controlar a doença e é gratuita”, reforçou o veterinário.

____________________________
Prefeitura de Itabuna
Diretoria de Comunicação Social